Medicina Integrativa

A Medicina Integrativa representa uma nova visão dos cuidados de saúde que coloca o paciente no centro da decisão e intervém na totalidade das dimensões físicas, psicológicas, emocionais, sociais, espirituais e ambientais que influenciam a saúde humana.

Utilizando uma estratégia personalizada que considera as características e necessidades únicas de cada paciente, a Medicina Integrativa mobiliza técnicas de um conjunto de disciplinas científicas para curar a doença e ajudar a pessoa e manter e otimizar o seu estado de saúde.

 

Os Sete Principios da Medicina Integrativa

(Duke Integrative Medicine Center)

 

Os Principios da Medicina Integrativa são:

1 - Clínico e Paciente são Parceiros no Processo Terapêutico

2 - Todos os facotres que influenciam a saúde, bem estar e doença são considerados, incluindo corpo, mente, espírito e comunidade.

3 - Os Clínicos utilizam todas as ciências curativas para facilitar a resposta saudável inata do organismo

4 - Serão utilizados métodos naturais e não invasivos sempre que possível

5 - A Boa Medicina é baseada em boa ciência. É dirigida pela investigação e aberta a novos paradigmas.

6 - Complementando o conceito de tratamento, é adoptado um conceito mais abrangente de promoção da saúde e prevenção da doença.

7 - O cuidado é personalizado para melhor atender às características e necessidades particulares de cada paciente. Os clínicos de Medicina Integrativa são modelos destes principios, estando comprometidos eles mesmos com seu auto-conhecimento e auto-desenvolvimento.